es-São João da Boa Vista e Espírito Santo  do Pinhal - SP

10.01.2018

Um fim de semana de descobertas nestas duas charmosas cidades do interior paulista.

Estive nos dias 05 e 06 de agosto nestas simpáticas cidades do estado de São Paulo. Viajei com amigos de infância, no confortável carro de um deles. O objetivo foi visitar a Vinícola Guaspari, agendada dois meses antes. Como na ocasião, nossa amiga qua programou a viagem não conseguiu reserva para hotel em Espírito Santo do Pinhal, optou pela cidade mais próxima.

Sábado

Em São João da Boa Vista então, no Jardim Vale do Sol, nos hospedamos na Pousada do Bosque. Para descrever o lugar só posso usar uma expressão de minha sogra: 'bucólico'. Encantador, maravilhoso, inesperado, aconchegante, surpreendente. Bem próximo ao centro da cidade, numa Fazenda com mais de 200 anos de história(abolicionista, segundo nossos anfitriões), uma propriedade que guarda as características do passado sem desprezar as atualidades que proporcionam conforto e comodidade, num equilíbrio perfeito entre o velho e o novo, encontramos quartos amplos bem servidos de energia elétrica, com sacada, camas confortáveis e atenção aos detalhes.

Um antigo curral abriga hoje o restaurante, cozinha e sala de convivência com lareira. Ali é servido o café da manhã preparado com zelo e amor. Não servem almoço e jantar, mas sempre tem alguma comidinha caseira na geladeira, e o próprio hóspede pode se servir, aquecendo no microondas. Bebidas e utensílios também estão a disposição, self service. E cada um anota suas despesas num bloco previamente definido, colocando o número do apartamento. 

Os proprietários são muito amigáveis e deixam-nos à vontade, sentimo-nos em casa.

Não bastasse isso tudo, ainda tem a paisagem, com piscina, lago, muitas flores e árvores, um amplo espaço pra ser explorado e fotografado. Um lugar para descanso em meio a natureza. Um lugar que pede retorno, com certeza.

A reserva foi feita pelo booking.com e o valor foi de R$ 90,00 por pessoa com café da manhã incluso.


Domingo

No dia seguinte, lá vamos nós para Espírito Santo do Pinhal, visitar a Vinícola. Saimos perto de 11h com a intenção de almoçar por lá, e já tinhamos algumas sugestões de restaurante. Lá chegando, em função do horário, optamos pela sugestão mais próxima ao nosso destino e almoçamos no Opção Trattoria, localizado à Rua Abelardo César, 152, Centro. Primeira pergunta: "Vocês têm reserva?" Não tinhamos, mas a simpática atendente nos arrumou uma mesa para cinco, e ainda indicou o Menu 68 como opção mais rápida. O menu consiste de uma entrada, prato principal e sobremesa, com 2 a 3 opções de pratos em cada. Todo mês tem um Menu diferente com preço único por pessoa. O nosso foi o de R$ 68,00. Bebidas a parte.


Seguimos para a Vinícola Guaspari, premiada produtora brasileira de vinhos finos, localizada à Rua Pedro Ferrari 300, Parque do Lago. Uma propriedade de 800 hectares que produz excelente café, aliás marca registrada da cidade, um azeite de oliva que foi lançado no mês passado, de dar água na boca, e premiados, internacionalmente, vinhos tintos, brancos e rosé. A reserva para o passeio é antecipada e eles atendem grupos de 20 pessoas, de manhã e a tarde, aos sábados e domingos, pelo preço de R$125 por pessoa.

Acompanhados do enólogo João, visitamos uma das 12 áreas de plantio, cuja colheita foi feita entre maio e julho, pelo sistema de dupla poda, em que a primeira acontece em janeiro. Ele explicou características do solo e do clima, além dos cuidados que toda a equipe tem com a planta e os frutos, e atendeu todas as dúvidas. Levou-nos pela fábrica apresentando as diversas  etapas de fabricação do vinho, e depois até a Cave, onde ficam guardados antes da comercialização. Partimos dali para uma deliciosa degustação acompanhada de pão e queijo.

A comercialização das garrafas de vinho ou azeite são feitas na pequena loja local, no e-commerce ou em poucos revendedores.


Lá na vinícola, recebemos indicação de um visitante, para compra de um café de excelente aroma, e nos dirigimos até a Fazenda Barthô, que é administrada por membros da sexta e sétima geração da família, ali instalada antes mesmo da fundação da cidade. Adquirimos um café de excelente qualidade, tipo exportação, por R$36,00 o quilo, Trata-se de uma pousada também com muito charme, muitos atrativos em meio a natureza, e constatamos que o povo dessas cidades é simpático naturalmente.